Cuidados com os avós em tempos de pandemia

Dia 26 de julho é o dia dos avós e nada melhor do que usar a data para se lembrar de  reforçar os cuidados em tempos de pandemia. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a taxa de letalidade da Covid-19 é considerada baixa, entre 2% e 3% no planeta. No entanto, a situação muda quando se trata de idosos, pessoas com mais de 59 anos têm cinco vezes mais chances de terem mais complicações do que aquelas entre 30 e 59 anos, de acordo com um estudo divulgado na revista  Nature Medicine. O sistema imunológico mais enfraquecido torna as pessoas desse grupo muito mais vulneráveis ao coronavírus.

Idosos têm cinco vezes mais chances de morrer por Covid-19

Evitar beijos e abraços mesmo em pessoas aparentemente saudáveis, pois o vírus pode permanecer incubado e sem sintomas por dias; lavar as mãos com frequência; evitar tocar boca e olhos após encostar em superfícies potencialmente contaminadas e usar máscaras de proteção são as principais medidas de segurança. Segundo o otorrinolaringologista Frederico Castro de Paula, da Otorrino DF, é preciso ter um cuidado especial ao colocar a máscara, já que o nariz é a principal porta de entrada do vírus no organismo. “Os estudos mostram que, quando colocadas corretamente no rosto, elas (máscaras) podem evitar a contaminação. Outra coisa que também pode ajudar é a lavagem nasal”

Conheça a história do Seu Izidro

Aposentado e avô de três netos, Izidro de Sousa, de 67 anos, está em isolamento social desde o início da quarentena, em março. Com medo de se contaminar, ele segue à risca todos os protocolos de segurança e tem  receio de sair de casa, mas o avanço de uma catarata o obrigou a encarar o mundo. “Eu tinha adiado a cirurgia quando fechou tudo por causa do coronavírus, mas não dá mais para adiar. Estou com muita dificuldade para enxergar, até pra fazer coisas mais simples, como lavar a louça”, explica. O que o conforta é o fato de o Visão Hospital de Olhos estar mais que preparado para receber os pacientes. “No caso de doenças crônicas, não é bom o idoso interromper o tratamento. A recomendação é usar máscaras e fazer um trajeto evitando aglomerações”, orienta o oftalmologista Dr. Tarciso Schirmbeck.

Acidentes envolvendo idosos aumentaram consideravelmente durante a quarentena

Há registros que os acidentes envolvendo idosos aumentaram consideravelmente durante a quarentena, o que reforça a importância de redobrar cuidados. “Os idosos apresentam fraqueza muscular, alterações no equilíbrio e fragilidade óssea pelo avanço da idade e são mais suscetíveis a quedas dentro de casa. Acidentes domésticos podem causar, por exemplo, fraturas do fêmur, punho e ombro nos idosos devido a essas condições. É importante evitar tapetes e objetos pelo chão da casa, isolar pisos escorregadios, manter os ambientes iluminados e não subir em bancos, cadeiras ou escadas. “Em caso de acidentes, a realização de um exame em equipamento de boa qualidade e a resposta rápida no resultado é essencial para conduta diagnóstica precisa e o acompanhamento do tratamento, alerta o Dr. Philipe Cavalcanti, da Perfecta Diagnóstico por Imagem.

Idosos que têm doenças crônicas também podem ficar despreocupados, pois a união de empresas atentas à segurança gerou o Amigos da Saúde, onde foi estabelecidoum protocolo padronizado, baseado nas melhores práticas de gestão da qualidade,comações voltadas à higienização e prevenção de quedas. “Temos o compromisso com a saúde e segurança dos pacientes”, conta o. Dr. Geovani de Assis Pinheiro.

Amigos da Saúde

 É uma parceria entre o Hospital Urológico de Brasília, a Perfecta Diagnóstico por Imagem, a Otorrino DF e  o Visão Hospital de Olhos, que pretende levar saúde de qualidade aliada a protocolos de segurança, para que pacientes possam seguir tratamentos de rotina sem se preocuparem com a contaminação pelo coronavírus.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>